Selecione os melhores imóveis da região:

A juventude do Jabaquara é traduzida na valorização

Poucos bairros da cidade podem se vangloriar de ter uma experiência de mudança urbana e progresso em tão pouco tempo de vida como o Jabaquara. O bairro da zona sul foi criado em 1964 e é um dos mais novos da Capital. Mas isso não impediu de mudar e crescer. Pouco depois de sua fundação, viu sua paisagem mudar com a construção de três estações de metrô - Jabaquara (a primeira a ser construída na cidade, inaugurada em 1974), Conceição e São Judas - ainda na década de 1970.

Ajudou nisso seus limites quase que imperceptíveis com Diadema, bem como outra novidade que surgiu à mesma época, a Rodovia dos Imigrantes, que liga São Paulo à Baixada Santista. Essas características fizeram com que os setores de logística e transporte vissem ali um local muito bom para suas atividades. Outro ponto que ajudou o crescimento foi à instalação da parte de tecnologia de um dos maiores bancos do Brasil, o Itaú. A rodoviária que liga São Paulo à Baixada Santista, inaugurada em 1977, é um destaque à parte e responsável pelo aumento do interesse no bairro.

Sua população de quase 220 mil habitantes espalha-se em uma área de 14,1 quilômetros quadrados. Mas nem tudo é ouro. O bairro concentra todas as classes sociais, com maior número de pessoas das classes média e média alta, mas também conta com grande número de pessoas de baixa renda, com algumas favelas, principalmente perto da estrada. Apesar disso, tem renda per capita de R$ 6 mil na média e um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano - medida comparativa usada para classificar os países pelo seu grau de "desenvolvimento humano") considerado muito elevado, de 0,936, o 15º da cidade.

Sua localização, infraestrutura e fácil acesso à rodovia fazem do bairro um doa que mais se consolida na cidade como foco de grandes empreendimentos imobiliários para todas as classes. A proximidade com bairros mais nobres da zona sul e que têm mais opções corporativas, como Moema, Brooklin, Vila Mariana, o torna interessante para lançamentos residenciais, com preços mais atraentes que esses bairros vizinhos.

No tocante a lazer, conta com os parques Lina e Paulo Raia, Nabuco e a Praça Padre José Conceição. Parte do zoológico fica no Jabaquara (aliás, é o endereço oficial). Conta com bares e restaurantes de todos os tipos. A vida cultural também é importante com o Acervo da Memória e do Viver Afro-brasileiro, Museu da Lâmpada, Casa Sítio da Ressaca, Centro Cultural do Jabaquara, Biblioteca Paulo Duarte e o Teatro Ressurreição.

O São Paulo Expo (antigo Centro de Exposições Imigrantes) é um dos maiores espaços para eventos da cidade. Aliás, exposições como o Salão do Automóvel, que acontecia na zona norte, passaram a ser sediadas no local, entre outras.

De acordo com dados do Portal ZS Imóvel, em vendas, Jabaquara é o décimo bairro mais procurado na região e o 16º em número de ofertas no site. Em locação, ocupa o 13º lugar em procura, mas apensas o 22º em unidades ofertadas. 

Texto elaborado por Marco Barone em outubro de 2016
NOTÍCIAS DO MERCADO E DICAS DE DECORAÇÃO
Teste