Curiosidades
07.mar.2018
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Especial Dia Internacional da Mulher - Poder de Compra

A decisão final da compra do imóvel é "delas"

Imagem Especial Dia Internacional da Mulher - Poder de Compra
Logo Copiar Blog Notícia
Na hora de escolher um lugar para morar em 99% dos casos são "elas" que dão a palavra final. "Se a mulher não falar sim, não sai à venda. Nos estandes, geralmente, quando temos casais ou namorados são "elas" quem dão a última palavra e decidem a compra", explica o diretor de vendas da MBigucci, Robson Toneto.

E não é só entre os casais que cresce a participação da mulher na hora de fechar negócio. "Além dos casais, estamos em uma crescente nas vendas de imóveis feitas para mulheres independentes, ou seja, que são solteiras e/ou separadas", declara o diretor comercial do Grupo Rezek, Thales de Souza Silva.

Geralmente, elas levam em consideração os principais detalhes que tornam o dia a dia mais prático. "Por natureza a mulher é mais detalhista, pensamos no espaço de forma que ele seja funcional, aconchegante e proporcione bem-estar ao convívio. E é o detalhe final que faz toda a diferença", garante a arquiteta da MBigucci, Maria Cecília Freitas Denadaí.

De acordo diretor comercial do Grupo Rezek, os homens se preocupam com aspectos mais objetivos de um imóvel, enquanto as mulheres são mais sensíveis aos detalhes e consideram aspectos subjetivos e emocionais. "A mulher é mais preocupada com os serviços próximos para atender as necessidades da família, com qualidade do acabamento, segurança e também o tamanho dos cômodos para saber se os móveis que possuem cabem dentro do novo lar."

Além de questões como segurança, mobilidade e lazer. Outro aspecto decisivo é a localização do imóvel, pois ela prioriza o fácil acesso para escola dos filhos. "As mulheres também consideram se o imóvel é próximo da mãe ou família dela. Depois levam em consideração, os espaços de lazer que oferecem, pensando principalmente nos filhos, animais de estimação, além de espaços específicos para elas, como ´Espaço beleza, espaço mulher´", conta Toneto.

Para a arquiteta, o instinto de proteção da mulher é muito forte. "A mulher enxerga com olhar de mãe, nas questões de segurança, funcionalidade, praticidade do dia a dia, no espaço acolhedor e aconchegante para relaxar e curtir o lazer com a família." 

Fonte:
ZS Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Sul de São Paulo
www.zsimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Especial Dia Internacional da Mulher - Corretora de Imóvel
Próximo Post >
Especial Dia Internacional da Mulher - Engenheira